Print Siri Nidhan Hospital.jpeg
Siri Nidhan Seva Peru.jpg
FICHA TÉCNICA 

NOME DO PROJETO: Meditação no hospital em tempos de pandemia.

PAÍS: Espanha
CIDADE: Alcorcón

DESCRIÇÃO: Prática de meditação no hospital para apoiar aqueles que estão na linha de frente em tempos de pandemia.

PÚBLICO: Equipe médica do Hospital Universitario Fundación Alcorcón

ANO DE INÍCIO: 2020

RESPONSÁVEL: Siri Nidhan Kaur

PARA APOIAR O PROJETO, ENTRE EM CONTATO:

bgprieto69@gmail.com

@sirinidhan

print 2 hospital.png
MEDITAÇÃO
NO HOSPITAL

Conheça o projeto de Meditação no hospital em tempos de pandemia, que através de práticas de meditação apoiou a equipe médica que estava na linha de frente do Hospital Universitário Fundación Alcorcón, na Espanha, no pior momento que atravessaram.

ENTREVISTA

A Covid-19 se espalhou por vários lugares e trouxe muitas oportunidades para rever o nosso estilo de vida e valores. Pessoas em todo o mundo estão se mobilizando para servir àqueles que necessitam de apoio e conforto.

 

No início da pandemia, no final de Março, o vídeo de uma equipe médica cantando o mantra Ek Ong Kar num hospital viralizou nas redes sociais. Esta equipe médica trabalha no Hospital Universitário Fundación Alcorcón, localizado na região metropolitana de Madri, um dos epicentros do vírus na Europa. A meditação foi conduzida por Siri Nidhan Kaur, uma professora de Kundalini Yoga que também trabalha neste hospital no serviço de diagnóstico por imagem.

 

Depois deste vídeo ter começado a circular nas redes sociais, Siri Nidhan foi aconselhada a deixar o hospital e a se dedicar ao ensino da Kundalini Yoga. A sua resposta foi: "Eu não pretendo fazer isso. Não. Porque este é o meu local de trabalho. Quero estar aqui e servir, continuarei a oferecer a Kundalini Yoga no hospital se as pessoas quiserem. Quero oferecer este serviço aos meus colegas de trabalho para que eles possam sentir e experimentar o mesmo que eu e também para que eles possam tratar os seus pacientes adequadamente."

 

Em nossa conversa, ela fala um pouco mais sobre este projeto. Veja o vídeo completo acima com legendas para conhecer mais sobre quem é a Siri Nidhan, como começou a oferecer a prática de Kundalini Yoga no hospital, como tornou este belo seva uma realidade, e quais foram os desafios que teve de enfrentar para continuar a dar apoio aos outros.

 

Permita-se inspirar pelo seu serviço.

"Quando você medita e faz Yoga, você se coloca na posição dos pacientes, você os trata de forma diferente."

O QUE SEVA SIGNIFICA PARA VOCÊ?

"Nestes momentos de pandemia, em que todos nós precisamos de ajuda física, mental, emocional e espiritual, percebi que também podemos fazer Seva com boa vontade, com disposição, com o desejo de colaborar mesmo quando nos sentimos sem forças. Servir é um convite para nos ajudarmos e elevarmos uns aos outros. Você serve com a sua presença, com a sua atitude e respeito.

 

Seva é um gesto de compaixão quando você cumprimenta o seu colega de trabalho que está preocupado ou rabugento. Servir é sorrir para um doente que sofre. Servir é se levantar de manhã e ajudar pacientemente os seus filhos a se prepararem para um novo dia na escola. Seva é uma atitude diária, algo que acontece todos os dias e do qual não estamos conscientes porque se tornou parte de nós.

 

Muitas ações simples podem ajudar as pessoas à nossa volta, e se observarmos os benefícios que produzem nos outros e em nós mesmos, iremos realizá-las com mais frequência.

 

Se tivesse que definir Seva em poucas palavras, seria: Agir, Sorrir, Dar, e Elevar".