1 site grande.jpeg
KUNDALINI YOGA PARA CRIANÇAS NA CRECHE DAS ROSINHAS

Conheça o projeto de seva de aulas de Kundalini Yoga na Creche das Rosinhas, que desde 2008 oferta, semanalmente, práticas de Kundalini Yoga para crianças de 3 a 6 anos em uma creche que atende ao Aglomerado da Serra, uma grande vila em Belo Horizonte/Brasil.

foto_2_site_do_meio.jpg
foto_3_site_mais_baixa.JPG
FICHA TÉCNICA 

NOME DO PROJETO: Kundalini Yoga na Creche das Rosinhas

PAÍS: Brasil.

CIDADE: Belo Horizonte.

DESCRIÇÃO: Prática de Kundalini Yoga para crianças do Aglomerado da Serra, uma grande vila em Belo Horizonte.

PÚBLICO: Crianças de 3 a 6 anos que frequentam a Creche das Rosinhas.

ANO DE INÍCIO: 2008

RESPONSÁVEIS: Sat Beant Kaur e Gian Dharam Kaur.

beatriz_brasil@ymail.com

patrichr@trt3.jus.br

ENTREVISTA

O seva com aulas de Kundalini Yoga na Creche das Rosinhas acontece desde 2008, atendendo crianças entre 3 e 6 anos. 

É um projeto que durante mais de uma década contou com o servir de diversos professores e que hoje conta com Sat Beant Kaur e Gian Dharam Kaur à frente sustentando o mesmo.

Ao longo desses anos, as aulas de Kundalini Yoga foram incluídas na grade curricular da creche, se tornando mais uma das aulas regulares das crianças. Contudo, como avalia Gian Dharam Kaur, "a creche já tem um currículo pronto, por isso nós não mudamos nada do que eles já estabeleceram, nosso intuito é agregar a yoga e enriquecer os temas e propostas já estabelecidos pela creche."

Dar aulas de Kundalini Yoga para crianças é um universo à parte. "Além de manter o espaço sagrado, também é necessário conectar-se com sua criança interior e fluir com a dinâmica da realidade impermanente, além de se permitir o lugar de aprendizados mútuos permanentes", como apontam Sat Beant Kaur e Gian Dharam Kaur. 

Kundalini Yoga traz no seu veio valores e virtudes, por isso o seva de aulas de Kundalini Yoga com crianças é muito mais do que ir lá e dar alguns ásanas. "Na verdade, diz de você sustentar os valores que fundamentam a prática. Diz de ser um exemplo prático permeando os nossos encontros com as crianças", aponta Gian Dharam. 

O que as professoras apontam é que a humanologia é tão importante quanto a prática. E pela ciência da humanologia, as crianças são seres completos, com antenas de alta potência que registram profundamente cada vibração dentro do seu campo, por isso elas aprendem pelo exemplo e são super sensíveis ao que não está alinhado com o que é apresentado. 

A concretude do trabalho se dá quando as crianças começam a compartilhar o que aprendem e a envolver suas famílias com chamados para ações dentro da realidade que a circundam. Isso mostra o tamanho do impacto do trabalho, que, como pontua Gian Dharam, por acontecer na primeira infância é uma semente lançada que aporta valores, diversidade e uma experiência de conexão consigo mesma. 

Ao avaliarem o que implica dois anos de suspensão do projeto, visto que desde março de 2020 as atividades da creche foram suspensas frente à pandemia, elas se mostram preocupadas com a realidade das crianças fora desse espaço de acolhimento, uma vez que a maioria das famílias trabalham em serviços presenciais e não contam com rede de apoio estruturada. Nesse sentido refletem que quando as atividades retornarem o cenário do espaço das aulas será outro, pois “no nosso país, Brasil, a pandemia é para além de um problema de saúde, é um problema social”. 

O retorno das aulas de Kundalini Yoga está sendo planejado para o segundo semestre de 2022, já que as aulas presenciais reiniciaram e a vacinação infantil teve início no país.

Confira no vídeo mais informações inspiradoras sobre esse seva de aulas de Kundalini Yoga com crianças da primeira infância dentro de uma instituição pública de ensino regular.